Filho real x Filho idealizado


Não vamos mentir, desde o momento em que começamos a planejar ter um bebê, começamos quase imediatamente a idealizar com quem ele vai parecer, o que vai vestir, que vai gostar, pra que time vai torcer…

Mas aí o filho nasce e


é um ser humano com vontade, características e desejos próprios e o filho idealizado é substituído pelo filho real e isso gera uma baita frustração. O bebê gordinho, sorridente com os lindos olhos do pai e o sorriso da mãe não existe e o que nos é entregue é uma pequena criaturinha que parece que vai quebrar a qualquer momento. Somos então apresentados ao bebê real, aquele que vai ocupar o lugar do filho idealizado sem nenhuma intenção de se adaptar a nossas idealizações e expectativas.  ⠀ ⠀ É preciso entender que nossos filhos são seres humanos separados de nós e não tem a obrigação de realizar nossos sonhos ou cumprir com nossas expectativas, quanto antes compreendermos isso melhor, assim não implantamos em nossas crianças l ⠀ Podemos, e devemos, oferecer as melhores oportunidades possíveis a eles, mas dar autonomia para que façam as suas próprias escolhas.⠀


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O melhor jeito de começar esse post é explicando o que significa perinatal. Peri = Em torno de Natal = Nascimento Um psicólogo perinatal, é aquele profissional que cuida de todo em torno do nascimento